top of page

O que é ESG?

O mundo está mudando constantemente. E, com ele, as prioridades que eu, você e as empresas têm sobre seus negócios, clientes e parceiros. Falar de ESG, para nós, é como falar do futuro das pessoas, a garantia de um bom emprego, um convívio social saudável, colaborativo e estruturado, um ambiente sustentável, com qualidade e seguro para todos. Para mim, falar de ESG não é uma opção, mas uma obrigação em qualquer contexto.


O tema sustentabilidade, mudanças climáticas e proteção ao meio ambiente não é um tema novo. Assim como a luta por direitos iguais das mulheres, negros, indígenas e outras causas tão válidas quanto essas, a luta pela proteção do nosso planeta já existe há centenas de anos. Eventos sociais, livros como o Primavera Silenciosa, de Rachel Carson (Link aqui), o Big Smoke na década de 1050 na Inglaterra (link aqui) e o acidente de Chernobyl na década de 1980 (link aqui) são grandes exemplos da necessidade gritante que temos para mudar nossas prioridades. E, apesar da luta ser lenta, há seus ganhos.


Desde a década de 1990, tivemos encontros mundiais preocupados com a degradação do meio ambiente, tais como Rio-92 (link), a Conferência entre as Partes ou COP, ocorrendo desde 1995 (link) e o Acordo de Paris em 2015 (link). Desde então, tivemos centenas de países e empresas trabalhando no tema.



O surgimento do ESG

A sigla ESG significa Environment (Ambiental, Sustentabilidade), Social (Questões Sociais, Sociedade) e Governance (Governança corporativa e sobre os 2 anteriores). Apesar de ter surgido em 2004, ficou realmente famoso quando Larry Fink, fundador da BlackRock, escreveu uma carta para os CEOs das empresas ao redor do mundo expondo sua intensa preocupação não só com as questões ambientais, mas como as empresas lidavam com o assunto (link). A partir daí, centenas de empresas voltaram sua atenção às questões climáticas, sociais e de governança.


Com o passar dos meses, diversas empresas que também já atuavam em prol do meio ambinte tiveram suas iniciativas mais evidenciadas, tais como a Ambev, Natura &Co, Dock e diversas outras, todas com ações e resultados louváveis, antes e durante a pandemia. Olhando os últimos 2 anos, é possível ver um movimento enorme do mercado para o ESG, impulsionando centenas de projetos e iniciativas que aumentam a diversidade das empresas, tecnologias de acessibilidade e ambientais, e ideias para melhorar nosso planeta. Com isso, ESG se torna uma das mais novas tendências do mercado.


Por que minha empresa deveria pensar nisso?

A resposta curta para essa pergunta é relativamente simples: por que é vital para todos. Parece algo muito etéreo? Ok, deixa eu te ajudar. Qualquer empresa que atue com ESG, seja ensinando outros a fazerem, adaptando seu negócio e produtos para estar mais aderente ou criando produtos e serviços como soluções para os problemas levantados pelo ESG, pode se beneficiar do seu uso contínuo de algumas formas. Veja:


  • Benefícios financeiros: marcas reconhecidas como protetoras de direitos e presentes em comunidade possuem maior acesso às pessoas, aumentando vendas e carteira de clientes. Além disso, com o acesso facilitado, a presença de profissionais especializados nos públicos que o seu produto irá passar a atender traz uma pluralidade mais eficaz para o produto, atingindo as pessoas corretas, da maneira correta.

  • Benefícios fiscais: existem diveros benefícios fiscais caso sua empresa atue com ações sociais, use práticas sustentáveis na construção de escritórios ou de seus próprios produtos, podendo chegar a 100% de desconto, a depender do tipo de benefício.

  • Benefícios indiretos: ao expor sua marca com um viés mais inclusivo, acessível e suntentável, o público terá uma maior aderência à sua marca, aumentando o poder da sua marca (branding) e o quanto as pessoas se interessam em trabalhar nela (employer branding).


E aí, faz sentido tornar sua empresa mais ESG? Além de todos os aspectos citados, coforme sua empresa melhora sua governança, consegue ter um maior controle sobre suas financças, melhora a tomada de decisão e diminui riscos de corrupção, falha estratégica e irregularidades. ESG se tornou um marco na nossa geração e só tende a crescer e não irá demorar até que toda empresa que queira se manter ativa no mercado precisará ter metas e controles adequados, aderentes ao ESG.


E aí, bora entrar nessa jornada?


 

ESG é um tema que carrega a responsabilidade das nossas ações. É preciso ir além do que fazemos hoje se queremos transformar o mercado e fazer as empresas criarem as suas melhores versões. E é aí que entramos. Através dos serviços da Mindset Ágil, ajudamos a sua empresa a:

  • Construir culturas inclusivas e humanizadas;

  • Aumentar a eficiência e visibilidade do trabalho;

  • Ampliar a governança da empresa, principalmente em startups;

  • Impulsionar sua liderança para a produtividade e motivação contínuas.


E fiquem atentos: logo mais teremos mais artigos!



3 visualizações0 comentário

Comments


bottom of page